Domingo, 18 de Novembro de 2018
Esporte

Líder da Série B, Fortaleza tem partida frustrante contra Figueirense e permite o empate

O Fortaleza volta a campo no próximo sábado, 8, contra outro catarinense: o Criciúma, no Heriberto Hulse.

Publicada em 05/09/18 às 11:32h - 40 visualizações

por Com informações O Povo Online


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Untitled Document

Mesmo com um a mais por 38 minutos de jogo, o Fortaleza não conseguiu superar o Figueirense no Castelão, na noite de ontem, amargando empate por 2 a 2. Com o resultado, o líder Tricolor acumula duas partidas sem vencer e vê a diferença para o vice-líder diminuir de seis para quatro pontos. Já a vantagem para o 5º colocado, agora o Atlético-GO, vai para sete.

Apesar da falta de eficiência no ataque e na marcação para parar as investidas do Figueira, o Leão poderia ter saído com o triunfo. O árbitro da partida, Ronei Candido, marcou equivocadamente impedimento de Dodô na parte final do 1º tempo, quando o duelo estava empatado em 1 a 1.

O time comandado por Rogério Ceni saiu na frente com gol do volante Felipe, no 1º tempo. O zagueiro Nogueira, do Figueirense, empatou. O Fortaleza voltou a ficar em vantagem com gol de falta de Dodô, no 2º tempo. O atacante Elton, ex-Ceará, deixou tudo igual.

Depois de mistério na semana, Ceni escalou Gustavo e Marcinho, dúvidas antes do confronto. O time iniciou na pressão, embalado pelos 15 mil torcedores no Castelão. O Tricolor propunha controlar o jogo com a posse de bola; o Figueira esperava no campo defensivo para sair em velocidade no contra-ataque, buscando o jogo aéreo. O Leão explorava Marcinho pelo lado esquerdo, que dava trabalho aos defensores dos catarinenses.

O camisa 7 foi um dos destaques positivos do confronto. Ele sofreu as duas faltas que originaram os gols do Leão e provocou a expulsão de Patrick, as 13 minutos do 2º tempo.

Nas duas vezes que esteve à frente do placar, o Fortaleza não teve tranquilidade para segurar a vantagem. Foram 26 finalizações no total e inúmeras chances de matar o jogo.

Na 2ª etapa, o Tricolor teve todas as condições para vencer a partida. Ceni voltou para a etapa final com o atacante Romarinho na vaga do volante Jean Patrick. O time aumentou a pressão e chegou ao 2º gol. A equipe chegava a uma posição confortável, com 2 a 1 no placar e com um a mais em campo, após expulsão de Patrick.

Porém, o sistema defensivo do Leão deixou Elton aparecer entre os  zagueiros para o Figueirense, mesmo com um a menos, empatar o duelo. Depois do gol de empate, os catarinenses fecharam a retranca. O Tricolor pressionou até o fim, abusando da bola aérea. Sem sucesso.




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.







Nosso Whatsapp

 (88) 99609-5928

Visitas: 191876
Usuários Online: 741
Copyright (c) 2018 - Tribuna Dos Vales