Quarta-feira, 08 de Julho de 2020
Brasil

No Exército, bebida alcoólica vira item da ‘cesta básica’

Alheios às restrições orçamentárias, batalhões não economizam na aquisição de uísques e vinhos importados

Publicada em 14/03/20 às 20:23h - 200 visualizações

por Veja


Compartilhe
   

Link da Notícia:

‘Cesta básica’  (Foto: Divulgação)

A cerveja entrou na lista de itens da “cesta básica”, pelo menos entre os militares. O Comando da 3ª Brigada de Infantaria Motorizada, em Cristalina (GO), publicou uma lista de compras de gêneros alimentícios e incluiu 5.000 latas de cerveja de 350 mililitros. A compra toda de itens da cesta básica vai custar 3,2 milhões de reais.

A justificativa apresentada pela 3ª Brigada de Infantaria Motorizada para a lista de compras da cesta básica, incluindo cerveja entre os itens, é que o batalhão tem 500 militares e os produtos são usados nas quatro refeições servidas diariamente: café, almoço, jantar e ceia, além da alimentação durante as operações terrestres.

O Comando da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea, no Guarujá (SP), publicou edital para comprar gêneros alimentícios com uma lista que inclui 137 garrafas de cachaça tipo ouro e prata, 5.560 cervejas em garrafa de 600 mililitros e em lata, 96 garrafas de uísque, envelhecido de 8 a 12 anos, e 216 garrafas de vinho, que tem de ser “importado”.

A 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea justifica que o batalhão possui um hotel de trânsito que recebe inúmeras autoridades, “tais como chefes municipais, oficiais generais, ministros de Estado e até o próprio Presidente da República”.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 98151-4793

Visitas: 1546085
Usuários Online: 59
Copyright (c) 2020 - Tribuna dos Vales