Segunda-feira, 27 de Janeiro de 2020
Cidade

Professores substitutos passam a madrugada em fila para conseguir lotação em escolas

Educadores foram aprovados em seleção pública, mas não foram informados sobre a quantidade de vagas, e temem ficar de fora da chamada pública

Publicada em 10/01/20 às 19:33h - 149 visualizações

por Diário do Nordeste


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Barracas e colchões foram dispostos na calçada pelos professores que decidiram passar a noite na fila.  (Foto: Rafaela Duarte)

Após serem aprovados em seleção pública da rede de ensino, um grupo de professores substitutos passou a madrugada desta sexta-feira (10) em uma fila na frente do Instituto Municipal de Desenvolvimento de Recursos Humanos (Imparh), na Avenida João Pessoa, em busca de lotação para trabalhar nas escolas.

De acordo com a docente Laudecy Ferreira, a quantidade de vagas em cada Distrito de Educação não consta no edital da seleção, e, por medo de ficar de fora da chamada pública, os professores decidiram acampar em frente ao órgão onde acontecerá a convocação.

“Isso é um desgaste psicológico e humano muito grande. Nós gostaríamos que essa situação fosse diferente, porque a gente não aguenta mais”, afirma. Os professores levaram colchonetes, colchões e até barraca para passar a noite no local.

Laudecy chegou ao local por volta de 15h, e distribui senhas para estabelecer uma ordem entre as pessoas na fila.

O professor Augusto César Soares também está entre os educadores que decidiram acampar para garantir uma vaga. “Saí da escola que eu estava trabalhando, no Bairro José Walter, às 17h. Tomei banho, vim pra cá e peguei a senha 16”, disse.

Essa não é a primeira vez que o docente participa da seleção. Nesse ano, decidiu chegar mais cedo ao local para tentar conseguir a convocação. “Ano passado eu cheguei às 5h e já tinham mais de trinta pessoas. Se a gente não fizer isso, fica desempregado, perde a lotação e o contrato com a Prefeitura”, ressalta Augusto César.

Em nota, a Secretaria Municipal da Educação (SME), pasta responsável pelo concurso, declarou que as seleções públicas às quais os professores em questão fazem parte foram realizadas para a formação de Cadastro de Reserva de professores substitutos, com lotação dos aprovados e convocados conforme carências disponíveis nas unidades de educação, localizadas no seis Distritos de Educação.

"Conforme portaria publicada no Diário Oficial do Município, no último dia 18 de dezembro de 2019, a lotação dos professores substitutos com contrato vigente está sendo realizada de acordo com a classificação e ordem cronológica dos editais, por área e Distrito de sua opção", afirma a pasta.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 98151-4793

Visitas: 1131165
Usuários Online: 34
Copyright (c) 2020 - Tribuna dos Vales