Segunda-feira, 30 de Março de 2020
Cidade

Dona de casa é morta a pauladas pelo companheiro em Fortaleza, no Dia Internacional da Mulher

O feminicídio ocorreu no bairro São José, dentro da residência onde a vítima, de 48 anos, residia com o homem. Esta não foi a primeira vez que ele atentou contra a vida dela, segundo uma testemunha

Publicada em 09/03/20 às 19:20h - 173 visualizações

por Diário do Nordeste


Compartilhe
   

Link da Notícia:

O companheiro da vítima utilizou um pedaço de madeira para matá-la  (Foto: Rafaela Duarte/SVM)

Adriana Jardim de Araújo, de 48 anos, foi morta a pauladas pelo próprio companheiro na noite deste domingo (8) no Bairro Parque São José, em Fortaleza, exatamente no dia em que se celebrou o Dia Internacional da Mulher.

O feminicídio aconteceu dentro da casa onde Adriana morava, há alguns meses, com o companheiro, na Rua João Rodrigues Pena.

Francisco José Lourenço Bandeira, de 43 anos, ainda tentou fugir após o crime, mas foi contido pela população até que a polícia chegasse ao local.

De acordo com os policiais do 21° Batalhão da Polícia Militar, a dona de casa foi atingida por pauladas em todo o corpo.

Os moradores ainda ouviram os gritos da vítima, mas quando chegaram à residência ela já estava morta no sofá. Adriana deixou três filhos, mas de um outro relacionamento.

Conforme relatos de amigos e vizinhos, uma hora antes do crime, ela foi vista saindo tranquila da casa da mãe, que mora em uma rua próxima, levando nas mãos o jantar do companheiro.

Ambos, ainda conforme relatos, eram usuários de drogas, mas não tinham histórico de brigas ou discussões com a vizinhança.

Segundo a polícia, o homem foi encaminhado até a Casa da Mulher Brasileira e no momento da prisão apresentava sinais de embriaguez.

A motivação da morte, entretanto, não foi informada pelos policiais.

Feminicídio consumado

Uma amiga da vítima relatou à reportagem que esta não foi a primeira vez que Francisco José atentou contra a vida de Adriana. Em outubro do ano passado ele tentou matar a mulher, mas a amiga interviu e impediu que o crime fosse consumado.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 98151-4793

Visitas: 1277476
Usuários Online: 118
Copyright (c) 2020 - Tribuna dos Vales