Segunda-feira, 30 de Março de 2020
Mundo

Número de mortes por coronavírus já se aproxima de óbitos por H1N1

Em menos de três meses, o novo vírus provocou pelo menos 14.652 mortes, enquanto que a antiga gripe matou 18.449 pessoas, em 16 meses

Publicada em 24/03/20 às 12:31h - 73 visualizações

por Diário do Nordeste


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Os números de óbitos contabilizados são apenas aqueles comprovados em laboratório  (Foto: Divulgação/Fiocruz)

Antes mesmo de completar três meses após o primeiro registro, o novo coronavírus já registra um total de mortes que se aproxima do número de óbitos verificados na pandemia de H1N1 (Influenza A), que durou um ano e quatro meses (2009-2010). A informação é do portal Uol.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o novo vírus provocou pelo menos 14.652 mortes, enquanto que a antiga gripe matou um total de 18.449, ao longo dos 16 meses de surto.

Os números dizem respeito aos óbitos comprovados em laboratório. Portanto, há casos de coronavírus e H1N1 não reportados e o número de mortes deve ser bem superior ao registrado. Com a comparação dos dados, o novo coronavírus apresentaria maior letalidade.

Infectologistas justificam que havia antivirais já desenvolvidos para tratar o H1N1 quando surgiu a pandemia, em 2009. E, como o vírus ainda era mais próximo a outros que já circulavam, a população mundial teria mais imunidade para enfrentá-lo.

Novo coronavírus

A primeira morte em decorrência do novo coronavírus na China foi registrada em 11 de janeiro de 2020. Dois meses depois, mais precisamente em 11 de março, a OMS declarou pandemia da doença.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (88) 98151-4793

Visitas: 1277426
Usuários Online: 106
Copyright (c) 2020 - Tribuna dos Vales